Sala de Imprensa - Notícias
25/11/2017 12:00 - Lays Angelica Peixoto Santos

Detran/AL realiza exame prático de direção veicular durante 8ª edição do Governo Presente

No total foram realizados 120 exames, 60 para candidatos à categoria A e 60 exames para categoria B

Ascom Detran

O Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) mostrou desempenho na 8ª edição do  Governo Presente ao levar para o município de Delmiro Gouveia a banca examinadora, com o intuito de atender aos candidatos que estão em processo de obtenção da 1ª Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Os exames foram realizados na Praça do Bairro Novo, localizada na Rua Tiradentes.

De acordo com um balanço feito pela Banca Examinadora do órgão, no total foram realizados 120 exames, 60 para candidatos à categoria A e 60 exames para categoria B. Os examinadores analisaram o conhecimento prático dos alunos que já foram considerados aptos nos exames médicos e psicológicos, e que também já concluíram a carga horária de aulas práticas e teóricas ministradas pelo Centro de Formação de Condutores (CFC).  



Na oportunidade, o superintendente operacional de trânsito do Detran/AL, José Williams da Silva, destacou a importância da ação.

“A realização da banca examinadora aqui em Delmiro Gouveia é uma forma que o Detran/AL busca para minimizar o espaço de tempo das pessoas que estão desejando obter a CNH. É um esforço para contemplar essa grande ação do Governo de Alagoas, fazendo com que o agendamento desses 120 exames que realizamos hoje, fosse transformado em satisfação para os nosso usuários. É uma alegria e o que fica é o sentimento de missão cumprida”, salientou o superintendente. 


A atividade também contou com a presença do chefe de gabinete da autarquia, Antonio Tenório, que na ocasião cumprimentou os candidatos, examinadores e destacou a importância da visita ao ambiente da banca volante, ressaltando o esforço da equipe do Detran/AL que se empenhou para desenvolver projetos de levar o exame prático até o interior, evitando que os usuários que necessitam dos serviços do órgão se desloquem até a capital para resolver suas pendências.