DETALHES DOS PROCEDIMENTOS PARA: Comunicação/Alegação de Venda

O que é?

A alegação de vendas está descrita no CTB em seu art. 134, portanto, quem vende um veículo tem a obrigação de comunicar a venda ao Detran, sob pena de se responsabilizar solidariamente pelas penalidades impostas e suas reincidências até a data da comunicação.

Quem pode realizar?

  • Solicitante do serviço

    Cópia autenticada do recibo de compra e venda (CRV) devidamente preenchido com os dados do novo proprietário, assinado pelo vendedor e pelo comprador e com as firmas reconhecidas em cartório, por verdade, autenticidade ou verdadeiro.


Etapas para a realização do serviço

Entregar a documentação exigida no Detran Sede, Shopping Miramar ou em qualquer Ciretran

A documentação também poderá ser enviada pelos Correios. Entregar: cópia autenticada do recibo de compra e venda (CRV) devidamente preenchido com os dados do novo proprietário, assinado pelo vendedor e pelo comprador e com as firmas reconhecidas na modalidade de verdadeira ou por autenticidade

Documentos
  • Cópia autenticada em cartório do Certificado de Registro de Veículo - CRV

Outras Informações

O Código de Trânsito Brasileiro , no artigo 134, diz que: "Art. 134. No caso de transferência de propriedade, o proprietário antigo deverá encaminhar ao órgão executivo de trânsito do Estado dentro de um prazo de trinta dias, cópia autenticada do comprovante de transferência de propriedade, devidamente assinado e datado, sob pena de ter que se responsabilizar solidariamente pelas penalidades impostas e suas reincidências até a data da comunicação." Assim sendo, NUNCA entregue o documento do veículo sem antes tirar cópia autenticada do CRV preenchido, datado e assinado para que possa comunicar a venda ao Detran e evitar possíveis transtornos futuros decorrentes de multas ou crimes de trânsito.

Departamento Estadual de Trânsito
Governo do Estado de Alagoas

0800 082 0194 | 4002 2194

Av. Menino Marcelo, 99
Cidade Universitária, 57073-470
Maceió - Alagoas
Governo do Estado de Alagoas © 2002-2017